quinta-feira, 20 de Novembro de 2014

Regresso ao Admirável Mundo Novo

"Através de recursos cada vez mais eficazes de manipulação da mente, as democracias transformarão a sua natureza; as velhas formas pitorescas - eleições, parlamentos, Supremos Tribunais e tudo o mais - subsistirão. A sua essência será um novo tipo de totalitarismo não-violento. Todos os nomes tradicionais, todos os slogans consagrados permanecerão tal e qual como nos velhos tempos; a democracia e a liberdade serão os argumentos de todas as emissões radiodifundidas e de todos os editoriais (...). Entretanto, a oligarquia dirigente e a sua altamente treinada 'elite' de soldados, policiais, forjadores de pensamento e manipuladores de cérebro conduzirão tranquilamente o espetáculo como lhes apetecer."

Aldous Huxley, 'Regresso ao Admirável Mundo Novo'


terça-feira, 18 de Novembro de 2014

Aprendam democratas

"Dinheiro perdido, nada perdido; Saúde perdida, muito perdido; Caráter perdido, tudo perdido." 

provérbio chinês

Podemos?

No, no Podemos...




segunda-feira, 17 de Novembro de 2014

Vou dar uma ideia (socialista) fixe ao Costa...

Turistas podem pagar multa ao tirar fotos da Torre Eiffel à noite e postar imagens nas redes sociais.


Lisboa não tem Torre Eiffel?
Constrói uma, porra! 
Com a construção vais gerar crescimento económico, criar empregos, atrair turistas para taxar e o dinheiro das multas irá servir para pagar o caralho da obra...
Abre os olhos Costa, isto é socialismo em acção. 


António Costa: E o Taj Mahal? Pode ser Vivendi?

Epá, Pode ser também... Um elefante branco fica sempre bem em Lisboa e poderás dedicar o templo ao amor que os portugueses nutrem pelo socialismo. Faz-te à obra que já tens pouco tempo de câmara.


A essência da liberdade e da justiça

«Um homem honesto apaixona-se por uma mulher honesta; ele quer, por isso, casar-se com ela, ser o pai dos seus filhos, e ser a segurança da família.
Todos os sistemas de governo devem ser testados no sentido de se saber se ele pode conseguir este objectivo. Se um determinado sistema – seja feudal, servil, ou bárbaro – lhe dá, de facto, a possibilidade da sua porção de terra para que ele a possa trabalhar, então esse sistema transporta em si próprio a essência da liberdade e da justiça.
Se qualquer sistema – republicano, mercantil, ou eugenista – lhe dá um salário tão pequeno que ele não consiga o seu objectivo, então transporta consigo a essência de uma tirania eterna e vergonha»

– G. K. Chesterton, “Illustrated London News”, Março de 1911.

2x melhor

Se os políticos trabalhassem metade do que trabalham, Portugal estaria duas vezes melhor...

LT